ÁREA DO SÓCIO




PRA RECUPERAR A CONFIANÇA

10H47 08/09/2017 - JESSÉ KRÜGER

n/d

No próximo domingo(10), o Lobo encara a primeira de três decisões que tem pela frente. Jogando no Estrela Dalva, em Bagé, o Pelotas encara o Guarany, às 16h. 

Thiago Gomes, técnico áureo-cerúleo, sabe que depois da derrota para o Bagé a confiança do grupo sofreu um baque. Para conquistar a vitória no domingo, segundo Thiago, além dos treinos, reconquistar a credibilidade do elenco é essencial. 

"Expectativa é logo voltar a campo para poder fazer uma atuação boa e dar confiança para o torcedor, para o grupo e para continuidade de trabalho. Semana passada treinamos bem e o jogo foi um desastre. Mais que treinar bem, essa semana temos que resgatar a confiança dos jogadores." 

n/d

Thiago Gomes atendendo a imprensa na Boca do Lobo. (Foto: Tales Leal | AI ECP)

O Lobo conta com alguns desfalques para a partida contra o Guarany. Gustavo Bastos e Nicolas acabaram se lesionando na última partida e estão fora do grupo que viaja a Bagé. Mas Thiago Gomes exaltou a entrega dos atletas, que mesmo machucados continuaram em campo. Segundo ele, isso mostra o caráter e a seriedade do grupo. 

"O Gustavo Bastos e o Nicolas estão fora, sem previsão de retorno. A gente percebeu a entrega dos dois, que mesmo lesionados continuaram no jogo. Isso faz a gente ver o comprometimento deles. Temos que ter tranquilidade. Eles sabem que podem dar mais. Nosso grupo é um grupo muito sério." 

Não foram poucas críticas que o elenco azul e ouro recebeu depois da derrota do último domingo(03) frente ao Bagé. Embora Thiago concorde que a equipe ficou muito abaixo de um desempenho aceitável, o treinador lembrou que a oscilação é normal. O técnico também fez questão de comentar que a qualidade do grupo é grande e que não é um jogo que define se um time é bom ou ruim.  

"Nós temos qualidade dentro do grupo. Mas temos que mostrar ela dentro do campo. Precisamos acreditar na nossa qualidade, buscar a individualidade, a agressividade. Temos diversos jogadores de qualidade, e venho falando pra eles buscarem o drible, a vitória pessoal. Não é por um jogo que fomos mal, que o time é horrível, 90 minutos é muito pouco. Fizemos um grande jogo contra o Grêmio, mas contra o Bagé não deu nada certo. Não posso falar que o time tá muito bem, pelo jogo contra o Grêmio, e nem muito mal, pelo jogo contra o Bagé. O time vai oscilar.  Temos que tirar forças, se unir e trazer de novo a boa expectativa pra esse grupo." 

Encarando equipes que já contam com uma base formada a mais tempo, o Pelotas não teve a mesma sorte. Com adversários mais entrosados, o trabalho do Lobo acaba sendo dificultado. Contra o Guarany não vai ser diferente. Porém, o comandante áureo-cerúleo reiterou que, por já ser a segunda vez que as equipes se enfrentam na competição, o conhecimento de como o adversário de domingo joga já é maior do que na estreia. E isso pode fazer a diferença para a conquista da vitória. 

"A gente enfrenta dentro do nosso grupo equipes que já tem uma formação feita. O Guarany tem um sistema defensivo que já se conhece, já tá com o grupo entrosado. Isso se viu no primeiro tempo do jogo contra eles aqui. Por se conhecerem melhor, o primeiro tempo foi superior ao nosso. No segundo tempo nos encontramos mais e conseguimos dominar o jogo. Pra esse confronto já temos um conhecimento maior do time deles, e já pude trabalhar ontem e vou trabalhar hoje em cima da parte tática do Guarany." 






NEWSLETTER



PARQUE DOM ANTÔNIO ZATTERA,300
CEP:96015-180 - PELOTAS, RS












PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sistemas Web em Pelotas, RS