ÁREA DO SÓCIO




ROBERTO RECART: "O TREINAMENTO É INTENSIDADE"

17H35 03/08/2018 - JESSÉ KRÜGER

n/d

Foto: Tales Leal | AI ECP

Na tarde desta sexta-feira (03), o grupo de atletas do Lobo realizou mais um trabalho físico na preparação para a Copa Wianey Carlet. E para a coletiva antes do trabalho, não havia nome melhor do que o preparador físico do Pelotas, Roberto Recart.

Com uma intertemporada curtíssima em termos de dias de trabalho, somente com muita intensidade nos treinamentos que os resultados serão obtidos. E, segundo ele, o entendimento do grupo de atletas está facilitando a tarefa.

"O treinamento é intensidade. Ela tem que estar presente no aquecimento, no trabalho com bola, e esse grupo de atletas entende muito bem essa necessidade. E também o complemento vem com os jogos né, que aos poucos o atleta vai condicionando e ganhando o chamado ritmo de jogo. O treino físico é necesário, mas o ritmo de jogo é importantíssimo pra condicionar o atleta."

Depois de um primeiro semestre vitorioso, as diferenças entre 2018 e 2017 são notáveis. E em um ponto em particular, gritantes. Se no ano passado o Lobo disputou 26 partidas oficiais, neste já foram 20 de jogos, sem sequer a Copa Wianey Carlet ter iniciado. Esse número maior de partidas traz aos atletas um lastro físico para cada um, o que facilita o trabalho do preparador.

"O ano passado o Pelotas disputou 26 partidas oficiais. Só na Divisão de Acesso, neste ano, já entramos em campo 20 vezes. Isso traz um lastro físico para os atletas, o que é extremamente satisfatório. Ele é importante para que se consiga realizar trabalhos específicos com os atletas. Por exemplo, eu não posso pedir que o Giancarlo e o Jéfferson Luís exerçam a mesma função no jogo e o mesmo exercício no trabalho físico que o Hugo Sanches e o Jarro."






NEWSLETTER



PARQUE DOM ANTÔNIO ZATTERA,300
CEP:96015-180 - PELOTAS, RS












PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sistemas Web em Pelotas, RS