18/03/2011
Léo Dias rescinde contrato com o Pelotas
por Gabriel Ribeiro
O meio-campo Léo Dias não é mais jogador do Lobão. O desligamento do atleta ocorreu no final da noite de quinta-feira, o que fez com que o atleta já nem se apresentasse para o treino desta manhã junto ao restante do elenco.

Léo Dias chegou ao Pelotas no dia 27 de julho de 2010. Após longo período de recuperação junto ao Departamento de Fisioterapia do clube, o jogador atuou com a camisa do Lobão na Copa Enio Costamilan e no Gauchão 2011.

O diretor de futebol do clube, Jorge Bopp, fez questão de mostrar sua insatisfação com a saída do jogador: "Joga no Pelotas quem quer jogar aqui. Quem está com a cabeça em outro lugar é melhor que saia. Precisamos de comprometimento total".

Léo Dias rescinde com o Pelotas para atuar no futebol chinês. A equipe asiática irá arcar com as despesas da multa rescisória e, portanto, ficou inviável a permanência do atleta na Boca do Lobo.

PALAVRA DO PRESIDENTE

"Reconheço a qualidade técnica do Léo Dias, por isso ele veio para o Pelotas. Porém, prefiro os que estão comprometidos. Precisamos vencer para buscar a classificação. Desde terça-feira o jogador comunicou a proposta do futebol chinês. A direção do clube demonstrou a insatisfação e o desejo de não liberar o jogador, mas como no contrato existe a multa rescisória, legalmente, não temos o que fazer. Diversas conversas tentaram fazer o atleta não abandonar o clube. Mesmo que o clube não o liberasse, ele afirmou que não jogaria mais no Pelotas dizendo que não tinha mais cabeça para atuar. Para um atleta que diz que não tem cabeça e que teve pouca perna no período em que jogou no Pelotas, sua permanência na Boca do Lobo torna-se impossível", afirmou o presidente Luís Antônio de Mello Aleixo.


Gabriel Ribeiro - Assessoria de Imprensa E.C.Pelotas


Voltar para o arquivo